Eu sempre me perco

Se tem alguém nesse mundo que tem talento em sem perder, essa sou eu! Quando mudamos de São Paulo para Leme, numa tentativa de conhecer a cidade, disse para a minha irmã que ia dar a volta no quarteirão pra conhecer. Peguei a bicicleta e saí. O que você acha que aconteceu? Me perdi. E as ruas do bairro formam quadrados. Em outra ocasião, dirigindo sozinha, tinha que viajar 400 Km para chegar em casa, só que o GPS parou e eu? Perdida por Minas Gerais.

Como sempre me perco, aprendi a não me desesperar e tentar traçar o mapa na minha cabeça, porém quando se trata de uma primeira vez no lugar não dá pra inventar, né?! Fico pensando no que faz com que eu me perca. Primeiro, creio que é a falta de conhecimento do lugar, quando vejo no mapa e saio, dá tudo certo! Depois, creio que estar distraída, ando pensando em outras coisas e quando percebo, perdida. Também creio que como sempre tive alguém para me conduzir não adquiri habilidades suficientes para me localizar.

Trazendo tudo isso para nossa relação com Deus, creio que o mesmo acontece. Conhecer o caminho nos ajuda a não andar perdidos. Da mesma forma, a concentração quanto ao que acontece no caminho é fundamental e por último precisamos parar de depender da experiência espiritual de outros e construir nossa própria história com Deus.

Senhor, não queremos estar perdidos, andando sem rumo, longe de Ti. Seja nosso mapa e coloca em nós a vontade de conhecer mais e mais o Teu caminho.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Diário Camboja: Um flash de corrupção em Phnom Penh

Procura-se Marido

Método para estudar a Bíblia em 5 passos