3 opções para ser um missionário-voluntário adventista




Aprendi desde pequena que quando temos um sonho devemos nos esforçar para conquistá-lo. Meus pais sempre me incentivaram e motivaram, sempre soube que as conquistas que eu poderia ter na vida dependiam muito de mim. Como cristãos reconhecemos que Deus tem planos para nós, mas isso não quer dizer que devemos pedir e ficar de braços cruzados. 

Em Josué capítulo 1, vemos que Deus fala com Josué e fica claro que mesmo que Ele tinha planos, muito do cumprimento deles ia depender de Josué, veja só:

Josué 1:6 - Esforça-te e tem bom ânimo...

Josué 1:7 - Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo

Josué 1:9 - Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares.

Meu sonho

Com 13 anos eu já sonhava em estudar teologia, queria servir às pessoas em tempo integral, queria poder trabalhar em agências humanitárias da minha igreja, sonhava em pregar, consolar, ensinar. Não queria ser "pastora", administrar uma congregação não era meu objetivo, só queria ser especialista em Bíblia, só queria estudar isso o tempo todo. 

Aos 16, quando eu comecei a pensar em vestibular, meus pais se separaram e as coisas em minha mente ficaram de pernas para o ar, aos 18 minha mãe faleceu, e aos 19 decidi estudar o que me daria emprego rapidamente. Me formei em Ciências Contábeis. Mas o sonho não mudou. Pensei várias vezes em pedir uma bolsa de estudos em alguma universidade adventista, com minha fluência no espanhol as opções aumentaram, mas sempre havia algo que me impedia de ter coragem de dar esse passo de fé.

Mudança de caminho

Foi então que neste ano, 2018, decidi mudar o caminho, o sonho se mantem, mas comecei a pensar que voltar à universidade pode não ser a solução. Desde o final de 2017 tenho procurado formas de ser voluntária, mas não qualquer voluntária, uma missionária-voluntária ou uma voluntária-missionária. Decidi me entregar às oportunidades de ajuda humanitária.

Algumas pessoas dizem "seja missionária na sua igreja", quem me conhece sabe a resposta, eu poderia criar meu próprio projeto para apoiar à minha comunidade, mas antes de me aventurar em tentativas que podem ser frustrantes, quero viver a experiência de uma vida de voluntariado. Foi com base em tudo isso que comecei a procurar todas as opções, e hoje compartilho com você três delas:

Um projeto administrado pela ADRA, que atua apoiando as comunidades Ribeirinhas, eles organizam feiras de saúde, recebem profissionais das mais distintas especialidades médicas, que dedicam um tempo como voluntários, fazem campanhas evangelísticas e levam esperança. 

Eles tem missões expresso que são uma boa opção para quem mora na região, tem a opção da escola de missão para logo dedicar um ano de voluntariado, e tem as missões curtas. O site é bem completo e explicativo, você pode acessar os manuais explicativo de cada missão e inclusive fazer a inscrição.

Quer fazer uma doação em dinheiro para o projeto? Clique aqui.

Eles trabalham na construção de igrejas, escolas. Abrem oportunidades dentro e fora do Brasil, a ideia é oferecer a oportunidade de um local para a pregação do evangelho em lugares carentes. Realizam em semanas o trabalho de meses. Os prédios construídos pelos voluntários se tornam centros de influência e são essenciais para que mais pessoas tenham a oportunidade de conhecer a Deus.

É possível se inscrever sozinho ou em grupo, no site do projeto é possível ter todos os detalhes de cada missão. Também possuem um site em inglês (veja aqui) onde é possível fazer a inscrição em projetos inclusive nos Estados Unidos.

Quer fazer uma doação em dinheiro para o projeto? Clique aqui.


Envia missionários para partes do mundo onde não há a presença adventista, 86% desse grupo está na Janela 10/40, que vai desde o leste da África até o Sudeste da Ásia. Por se tratar de países com alta resistência ao cristianismo, os voluntários trabalham com abordagens distintas guiados pela assistência humanitária, abrindo portas para o evangelho.

No site é possível encontrar muita informação, fazer inscrição e ver depoimentos de voluntários que participaram de algum dos projetos ativos. Na parte inferior do site é possível ver a contagem de projetos, missionários, igrejas implantadas.

Quer fazer uma doação em dinheiro para o projeto? Clique aqui.

Existem outras opções que em breve publicarei, mas se você como eu está decidido a ser um voluntário não deixe pra depois, "esforça-te".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eu vou morar nas Filipinas

Por que vou para o Peru?

Diário Camboja: Um flash de corrupção em Phnom Penh