Santificação

O verso-chave desse post, que está em 1 Pedro 1:14-16, é um convite a uma vida de santidade. Biblicamente falando, a definição de santo é separado, por tanto uma vida de santidade é uma vida separada, com um propósito diferente. Se o convite vem de Deus, então separados para Deus, para cumprir os propósitos dEle. 
Mas o verso não fica só no convite, o início da passagem deixa claro que uma vez que somos filhos obedientes, não nos conformaremos com uma vida de submissão à conduta que adotávamos antes de conhecer a Cristo, ou seja, viver em pecado já não será algo que como filhos obedientes vamos querer para nossa vida. 
E conclui dizendo que Aquele que nos chamou, nos separou, nos convidou, é santo e se Ele é santo nós também podemos ser, porque se decidimos ser obedientes já O estamos imitando.
Veja este texto escrito por Ellen G. White:

A obra de transformação da impureza para a santidade é contínua. Dia a dia Deus
trabalha em prol da santificação do homem, e o homem deve cooperar com Ele
empreendendo perseverantes esforços no cultivo de hábitos corretos. — The Review
and Herald, 15 de março de 1906

Precisamos ter sempre em mente que a santificação depende de ESFORÇO CONTÍNUO e é um processo de toda uma vida.

Que Deus nos dirija no estudo da sua palavra. 


por Aline Piologro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eu vou morar nas Filipinas

Por que vou para o Peru?

Diário Camboja: Um flash de corrupção em Phnom Penh