Quando eu canto [Musicoterapia]

      A música sempre fez parte da minha vida, meus avós faziam dueto na igreja, meu pai tocava violão, minha tia era pianista, minha irmã e eu crescemos cantando. Cantar era algo natural, mas com o passar dos anos comecei a ficar mais crítica quanto ao conteúdo da música, desde a mensagem que a letra passava até a composição instrumental, e além de crítica comecei a ser muito seletiva.
   Há um mês atrás percebi que cantar enquanto dirijo me faz bem, principalmente quando dirijo a caminho do trabalho, por isso, criei a minha própria terapia. A "terapia da musica alta no carro"... risos. Percebi que cantar - sem me preocupar com afinação, músicas positivas, fazia com que meu dia fosse mais positivo. E cada vez que penso nisso lembro de uma música do Coral Jovem do Unasp, olha só:

Quando eu canto
As cadeias se rompem
Quando eu louvo
O mal em volta se desfaz

      E é o que eu sinto! Nos momentos em que estou ali no carro sozinha com a música - uma música que fala de Deus, percebo que o mal em volta se desfaz. Gosto muito da definição do louvor na canção "Sorriso da Alma", porque define que o louvor é uma fonte de paz. No site Biblia.com.br louvar significa "agradecer a Deus pelas suas muitas dádivas". E foi aí que entendi o efeito dos meus momentos especiais de música. Muda tudo! Dificilmente não vamos sentir essa paz depois de louvar realmente, mas repito, depois de louvar REALMENTE, ou seja, concentração máxima na letra do que estamos cantando. A música do coral continua:

Quando exalto
O santo nome de Jesus
Eu sou livre
Tenho plena paz

       Se estamos em contato constante com canções que exaltam o nome de Jesus, nos sentiremos mais e mais parecidos com Ele e cada vez mais livres das garras do pecado. Pode ser que você esteja sempre escutando música cristã, mas escutar não é sinônimo de louvar. Faça o teste de louvar a Deus através da música, dedique um momento especial pra isso, se concentre na letra do que canta, aproveite pra orar e usar a letra como seu diálogo com Deus e você vai sentir o efeito. "Eu sou livre, tenho plena paz."

por Aline Piologro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eu vou morar nas Filipinas

Por que vou para o Peru?

Diário Camboja: Um flash de corrupção em Phnom Penh