Eu sou estranha!

Faz um mês que estou com vontade de escrever sobre um versículo que li na Bíblia e não sai da minha cabeça. Antes de compartilhar o link do texto quero contextualizar.

Se você é cristão com certeza já escutou frases como "a sua religião te proíbe" ou mesmo já teve "amigos" que creem que você é menos feliz por decidir não comer determinada coisa, ou ir a um certo lugar... Bom, isso sempre acontece comigo. É incrível, sempre tenho por perto alguém que pensa que a minha vida é triste e amargurada e decide "me salvar".

Em várias situações eu tentei energicamente mostrar que não é assim, que eu gosto, que a vida cristã me alegra, e que vale a pena, mas quase sempre a resposta foi de reprovação. Já me senti frustrada muitas vezes. Não conseguia entender como uma pessoa que me ama no compreende minha decisão de vida, ou como é possível que essa pessoa não entenda os benefícios de seguir a Cristo.

Foi então, que um dia decidi ler o evangelho de João completo para marcar os textos que mais importantes na minha caminhada cristã, na minha nova Bíblia em espanhol. E dei de cara com João 15:19. E comecei a entender...

Nesse discurso de Jesus compreendi o que acontece. Primeiro Ele fala que se nós fossemos do mundo, o mundo nos amaria. Se você quiser entender o termo "do mundo" leia o meu post Coisas do Mundo. E com essa primeira parte entendi que realmente a minha decisão é estranha, não faço parte da maioria. Depois, ele segue explicando porque sou estranha, porque Ele me escolheu. Com isso as coisas começaram a clarear. E por fim, conclui com a resposta definitiva às minhas frustrações... E Ele fala que as pessoas que não fazem parte, que não decidiram crer vão me odiar.

Ual... É por isso! 

Agora entendo que para as pessoas que não entendem o chamado, que não vivem a esperança, que não desejam a nova vida, realmente eu sou muuuuito estranha!

Mas, sabe o que eu descobri depois de ler esse versículo? Leia isso 2 Tímoteo 3:12. Entendeu? É, é isso mesmo. Não tem jeito de decidir seguir a Jesus e não ser perseguido. A perseguição poder ser em diversos níveis, mas sempre haverá e chegará o dia que será perseguição de morte. 

Se eu caio todas as vezes que alguém questiona meu relacionamento com Deus e, como o que O desagrada, bebo o que distancia minha mente dEle, escuto o que me faz surda a Sua voz, toco no que Ele me disse que era abominável, e vou a determinados lugares simplesmente para provar que eu sou uma pessoa normal, que não sou estranha só por ser cristã, não estarei preparada para o que virá! 

Eu prefiro que o mundo me odeie, que meus amigos não me compreendam, a ficar longe de Deus.

É claro que eu sou uma pecadora, infeliz, pobre, cega, que vive caindo, mas Deus, Jesus, o Espírito Santo, os anjos estão do meu lado pra me levantar!

E você? Também prefere ser estranho para o mundo?

Comentários

  1. A palavra do Senhor diz<<:"Acaso  busco eu agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens? Se eu ainda estivesse procurando agradar a homens, não seria servo de Cristo."  (Gl. 1:10)
    "Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no Filho de Deus, que me amou e se entregou pó mim. (Gl. 2:20).
    Seguir e servir a Cristo não é nada fácil neste mundo,porem nos importa agradar a Deus acima de tudo e de todos...Sinceramente ,quando entrei em contato a primeira vez com seu blog percebi algo diferente em você.O Espirito Santo sempre confirma quando estamos em contato com um irmão em Cristo...Sigo orando por você ,que Deus te abençoe.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Eu vou morar nas Filipinas

Por que vou para o Peru?

Diário Camboja: Um flash de corrupção em Phnom Penh