Eu Confio - Vencer por Você

Esta foi a primeira música da manhã.

Vencer por Você - Arautos do Rei  ouça

Se busca a paz no coração olhe pra Cristo/ Ele é a solução se a dor e o pesar roubarem o seu olhar/ Jesus vai devolver o seu viver e dar vitoria completa a paz e o perdão./ Só basta você aceitar e querer Jesus vai vencer por você.
Se anseia o amor e salvação fixa teus olhos no Salvador/ Se o mal carregou sue sonhos e seu valor/ Jesus vai renovar o seu ser/ Ele vai cumprir promessa da vida eternal/ Só basta você aceitar e querer/ Jesus vai vencer pro você vencer por você.
Já no título começo a entender o que significa confiar em Deus. Não tenho condições de ganhar a batalha entre bem e o mal, não posso sair de dentro do meu egoísmo, não tenho forças para deixar os prazeres do mundo pra traz e isso as vezes me frustra. É nesse título que começo a compreender que não sou eu quem vence.
A busca pela paz é unânime entre nós, seres humanos. Usamos vários artifícios para encontrá-la, e a perdemos de tanto procurar. É incrível quando nos deparamos com uma pessoa que mesmo tendo todos os motivos do mundo pra se desesperar, continua calma, e consegue inclusive desenvolver a gratidão. Como isso é possível? Quando nossa concentração está no problema dificilmente termos paz, mas depois de muitas coisas que passei na vida entendo que quando olhamos para tudo que Jesus passou por nós, e a oferta que Ele faz de nos acalmar, tudo fica menos pior.
Existem alguns roubadores de paz, são elementos do nosso cotidiano que nos impedem de visualizar uma saída, e nos trazem desespero. Cada um pode reconhecer o que lhe rouba a paz. Hoje posso dizer que a culpa, a solidão, a incompreensão, e minha incapacidade perante algumas situações me roubam a paz, mas eu sei que se eu estiver disposta a aceitar o que Jesus tem a oferecer o fardo será suavizado.
Pode parecer hipocrisia, mas garanto que sei do que estou falando, não escrevo somente sobre o que vejo, mas principalmente sobre o que sinto e vivo. Consigo afirmar sem medo de errar que todas as vezes que me entreguei à transformação do amor de Deus me senti uma pessoa mais sensata. E isso podia ser notado em tudo que eu fazia, tudo mesmo, não só na igreja. Sempre que entrego meu dia a Deus, meu trabalho rende mais, meus sentimentos ficam mais ordenados, minhas palavras são mais cuidadosas e tenho o sentimento de dever cumprido ao final do dia.
Hoje eu decidi aceitar, e decidi racionalmente aprender mais sobre como não querer ser dona da minha vida, porque eu já provei que não faço nada certo!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eu vou morar nas Filipinas

Por que vou para o Peru?

Diário Camboja: Um flash de corrupção em Phnom Penh