Postagens

Mostrando postagens de 2011

Grandes Verdades

Sou fã de Paulo (calma pessoal), o apóstolo Paulo, aquele da Bíblia sabem?! Pois é, gosto muito dos textos dele. Tem sempre conteúdos muito modernos, abordagem direta e de fácil compreensão.
Nesta semana a lição da escola sabatina deu uma introdução sobre quem foi Paulo pela ótica de Gálatas. Confesso que a introdução foi ótima! Destaquei algumas frases que pra mim fazem muito sentido e fortalecem a caminhada cristã.
"... nós podemos nos vestir como cristãos, falar como cristãos e ler todo tipo de livros sobre cristianismo. Podemos frequentar a escola sabatina eos cultos todos os sábados, e associar-nos apenas com cristãos. Contudo, se CRISTO não for o centro da nossa vida terminaremos (...) parecendo ser alguém que não somos."
Por: Steven Manoukian, domingo, 25de setembro de 2011 - Lição de Jovens

Uma grande proposta das mensagens de Paulo é "não julgueis para que não sejais julgados ", e se pararmos pra pensar no que isso quer dizer podemos ir bem longe!

"Julgam…

Não Há Razão

Um amigo me apresentou essa música há um tempo atrás, ele estava longe... mto longe, e estava passando por um momento delicado, sentimentalmente e espiritualmente. Aí pra me explicar o que estava acontecendo ele usou essa música. Nunca mais consegui ouví-la sem me reportar para a dor dele naquele momento. E sempre penso nela quando estou me sentindo abandonada por Deus. Essa música me faz ter certeza de que ELE nunca nos abandona.  Não encontro explicação
Não entendo o porque
Como pode um pecador
Receber a graça que vem de Deus
Mesmo sem merecer
Sinto as bençãos em meu viver.

Eu não vejo a razão
Porque Deus me ama assim
O meu coração é duro sou tão fraco
Não sou ninguem.
Não consigo entender
O porque do seu amor
Mesmo sendo quem eu sou
Ele me ama
Estende as suas mãos
Da proteção ele me abraça
Não há razão.

Não encontro explicação
Não entendo o porque
Minhas decisões meu ser
Sempre ferem as vontades de Deus
Mesmo sem merecer
Sinto as bençãos em meu viver.

Eu não eu vejo a razão
Porque …